sábado, 6 de agosto de 2016

O Homem: Espírito, Alma e Corpo

Introdução

Em 1Tessalonicenses 5.23, a bíblia fala que o homem é constituído de três partes distintas: Espírito, alma e corpo. Geralmente se pensa que alma e espírito são a mesma coisa, mas isto é um engano. Isto ocorre porque o ser humano em geral tem pouca ou nenhuma consciência de seu próprio espírito. O que são cada uma destas partes?

O Corpo

Através dele o homem tem contato com o mundo material; consciência do mundo. (Na bíblia a palavra que aparece para se referir ao corpo humano é “soma”). As funções do corpo estão relacionadas aos cinco sentidos:
  1. Visão
  2. Audição
  3. Olfato
  4. Paladar
  5. Tato

A Alma


Através dela o homem tem contato com o “eu”; consciência de si próprio. (Na bíblia a palavra que aparece é “psique”. Daí vem a palavra psicologia que é o estudo do “eu” que é a psique ou a alma humana). Quais são as funções da alma?
  1. Função intelectual (pensamento, raciocínio ou razão). Exemplo: Salmo 139.14 que diz “a minha alma o sabe muito bem”.
  2. Função emocional (os sentimentos). Exemplo: 2 Reis 4.27 que diz “a sua alma está em amargura”.
  3. Função da vontade (poder de escolha e decisões). Exemplo: 1Crônicas 22.19 que diz “Disponde o vosso coração e a vossa alma para buscardes ao Senhor”.
Portanto, através de sua alma o homem pensa, sente e define a sua vontade.

O Espírito


Através dele o homem tem contato com Deus; consciência de Deus. (No NT a palavra que aparece é “pneuma” que literalmente significa “vento” ou “sopro”). Quais são as funções do espírito do homem?
  1. Função da consciência (discernimento do certo e do errado). Este discernimento não procede dos costumes da sociedade ou da cultura humana, mas de um julgamento direto ditado pelo Espírito do próprio Deus. Exemplo: At 17.16 que diz “Enquanto Paulo esperava em Atenas o seu espírito se revoltavaem face da idolatria dominante na cidade”.
  2. Função da comunhão (a capacidade de conhecer e se unir a Deus). Deus não pode ser contatado por meio de nossos pensamentos ainda que bons, belos ou poéticos. Deus é Espírito e só pode ser percebido por meio de nosso espírito. Exemplo: João 4.23 que diz “mas vem a hora quando os verdadeiros adoradoresadorarão ao Pai em espírito e em verdade”.
  3. A pessoa cujo espírito está em atividade de comunhão com Deus pratica o que segue abaixo:
    1. Ora a Deus com a completa certeza de que está sendo ouvido. Exemplo: 2Sm 22.7 que diz “clamei a Deus e ele ouviu a minha voz”.
    2. Ouve a Deus em seu espírito e é guiado por ele. Exemplo: Romanos 8.14 que diz “Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”.
    3. Ama a Deus e obedece à sua palavra. Jesus falou claramente: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada”Onde deus vem morar? Não nos meus pensamentos ou sentimentos, mas no meu espírito.
  4. Função da intuição (conhecimento intuitivo que ocorre sem a ajuda do intelecto) Exemplo: Marcos 2.8 que diz “E Jesus, percebendo logo pelo seu espírito que eles assim pensavam...”.

Conclusão e Reflexão


  1. Temos o costume de cuidar de nossos corpos. Comemos, dormimos, cuidamos com a higiene, nos exercitamos e se adoecemos tomamos remédios ou até fazemos intervenções cirúrgicas.
  2. Também cuidamos de nossas almas. Trazemos informação ao nosso intelecto por meio dos estudos e da leitura. Buscamos guardar nossos sentimentos de tristezas e fazemos todo o possível para nos alegrar.
  3. Que fazemos por nosso espírito? Buscamos a Deus? Buscamos conhece-lo? Se pararmos de comer nosso corpo enfraquecerá e adoecerá. Se não estudarmos nem nos informarmos nosso intelecto definhará. Se não buscamos exercitar comunhão com Deus como ficará nosso espírito? A maior parte de nossa raça está com seu espírito atrofiado. Não conhece a Deus. Não se interessa por Deus. Não tem tempo para Deus. Não gosta de conversar sobre Deus. E você? 
(Texto extraído, originalmente do site www.fazendodiscipulos.com.br/)

Bônus: Guardar a Alma (Sérgio Avillez)


Nenhum comentário:

Postar um comentário